As crónicas do Lynx

Uma colecção de pequenas crónicas dedicadas a uma grande paixão de sempre: Viver essa maravilhosa aventura que é o dia-a-dia!

quarta-feira, junho 07, 2017

24 de Maio - Dia Mundial de Orientação em 2017

E, por isso, na ausência de um mapa de orientação de Roterdão, desenhei o meu próprio, baseado no Google Maps e dirigi-me de bicicleta para a zona do Het Park. Um óptimo fim de tarde, com um mapa manhoso na mão, a correr pelo meio do verde fabuloso deste bonito parque (depois de um par de pontos de aproximação pela cidade...).


quarta-feira, maio 31, 2017

O homem que plantou 50000 árvores no interior de São Paulo

Mais uma história de alguém que, há muitos anos, percebeu a importância de proteger as florestas e, por iniciativa própria, plantou ele próprio uma.

segunda-feira, maio 15, 2017

Rotterdam Urban Trail

Gosto destes urban trails do BeNeLux desde que experimentei o de Brugges há uns meses atrás. E fiquei literalmente deliciado. É uma forma fascinante de conhecer uma cidade, passando pelo interior dos seus edifícios, conhecendo recantos escondidos, enquanto fazemos um treino de corrida excelente, que nos leva a subir escadas, percorrer corredores e uma distância boa para um treino.

Curiosamente, quando me inscrevi na prova de Roterdão, senti que o estava a fazer na minha cidade adoptada... e ao mesmo tempo perguntei-me o que me daria a conhecer. E a verdade é que valeu a pena! Museus, uma estação de metro, o MiniWorld (que adoro), discotecas (que não sabia que existiam; estou a ficar "velho"), uma cervejaria que desconhecia (sem amostras grátis), os escritórios do World Trade Center, o seu silo automóvel (uma excelente experiência de subir vários andares numa rampa sempre a virar para a direita), a Biblioteca Municipal, prédios fabulosos de diversas épocas,... Tudo, num percurso de 15Ks (tinham prometido 10, mas a mim não fez grande diferença), em que nos cruzámos várias vezes com adeptos do Feyenoord a celebrarem antecipadamente a vitória num jogo de futebol (que perderam...) e no campeonato (ganharam apenas na semana seguinte), com cânticos, petardos e cerveja, e vivemos a cidade de Roterdão. A verdade é que foi uma festa que adorei!!! Quero mais!







domingo, abril 30, 2017

A volta Sul do Hoge Veluwe


Já tinha feito a volta norte com a JK. Já tinhamos feito metade da volta sul. E agora foi a vez de fazer (sozinho) volta sul completa, usando uma das bicicletas do parque para percorrer os 27Ks de uma área protegida privada que, sinceramente, adoro, pela diversidade de paisagens e vida selvagem. Um passeio sem problemas, apesar da última metade ter sido feita em ritmo de sprint, para não me atrasar (demasiado) ao almoço com a JK - e mesmo assim, "levei nas orelhas".

video





segunda-feira, abril 24, 2017

Amersfoort City Trail


E eis que volto a fazer um city trail da Salomon. Desta vez, em Amersfoort, uma simpática cidade a cerca de uma hora de Roterdão - foi um bom programa solitário de Domingo, que me fez recordar as manhãs dos fins de semana de orientação até há uns anos atrás.

Amersfoort é simpática... e deserta a um Domingo de manhã - sobretudo de corredores! Acho que não me cruzei com ninguém a correr - era assim uma espécie de extra-terrestre a percorrer ruas ladeadas por casas de tijolos vermelhos. Um cenário bonito e uma atmosfera pacífica que me ajudaram a ter uma boa manhã, num percurso simples e elegante, cheio de imagens tipicamente hoalndesas. A única excepção foi a travessia da principal estação de comboios de Amersfoort, que não pude fazer porque não tinha comigo o meu OV Pass - tive que ir à volta, num desvio de 1 km (sem problemas).




domingo, fevereiro 05, 2017

25ks a testar a fietsplanner

Um pequeno passeio de bicicleta de domingo de manhã, por Roterdão primeiro e depois pelas terras imediatamente a sudeste. Com a desculpa de que estava a testar uma aplicação (excelente) que permite traçar percursos pelas ciclovias holandesas. Um bom início de domingo, apesar do furo no final...


- Posted using BlogPress from my iPhone

sábado, agosto 27, 2016

De volta

De volta à minha bicicleta. De volta à minha fiel GT. E que prazer voltar a devorar quilómetros nela, percorrendo um dos meus percursos preferidos de sempre - de casa até ao Guincho, com regresso pelo mesmo caminho. Que boa sensação!